Afinal, o que é catarata?

Afinal, o que é catarata?

A catarata ocular carateriza-se pela perda progressiva da transparência do cristalino (lente natural do olho). Os sintomas iniciais como a visão turva, diminuição da visão noturna e fotofobia (sensibilidade à luz) podem ser muito ténues numa primeira fase, agravando-se a sintomatologia com o decorrer do tempo (veja mais informação em sintomas). Ou seja, o cristalino torna-se opaco (turvo) com a idade, instalando-se de uma forma lenta e progressiva, afetando, desta forma, a visão. Esta causa (o envelhecimento) é a mais comum no surgimento da catarata no olho, contudo podem existir outras para além do envelhecimento, como veremos adiante.

 

Mas para melhor perceber o que é catarata nos olhos, deve entender antes de mais o que é o cristalino. O cristalino possui um papel importante na formação da imagem na retina. O cristalino é a lente natural do olho, transparente que permite a focagem dos objetos de longe e de perto, denominada de acomodação. Qualquer alteração na constituição do cristalino altera a formação das imagens na retina e consequentemente na visão.

 

No olho com catarata, a visão estará dependente do grau de opacificação do cristalino. Quanto maior for a opacificação do cristalino maiores serão as perturbações na visão. Em situações extremas os doentes podem perder a visão (cegueira).

 

Catarata ocular – evolução

O desenvolvimento da catarata ocular pode ocorrer de uma forma muito lenta, demorando vários anos até que se verifique sintomatologia acentuada. Pode também haver evolução rápida da doença, comprometendo a visão de forma significativa, levando à necessidade de intervenção para que a função visual se restabeleça.

 

Catarata – sintomas

Os sintomas de catarata são, habitualmente, os seguintes:

Visão turva ou “embaçada”;

Diminuição da sensibilidade às cores e ao contraste;

Visão dupla num olho (diplopia monocular);

Aumento da sensibilidade à luz (fotofobia);

Alteração frequente dos erros refrativos, com mudança frequente de óculos;

Diminuição da visão noturna.

A catarata no início pode ser assintomática (sem sintomas). Os sintomas de cataratas nos olhos fazem-se sentir de uma forma mais ou menos intensa, dependendo do grau de opacificação do cristalino. Os sintomas da catarata ocular são, geralmente, mais acentuados quanto maior for o nível de opacificação do cristalino.

 

Causas da catarata

As causas da catarata podem ser diversas. A causa mais frequente de catarata ocular é o processo natural de envelhecimento que ocorre, normalmente, a partir dos 45 anos e o aparecimento de sintomas de hipovisão a partir dos 60 anos.

 

Apesar do envelhecimento ser a causa mais frequente de catarata, outras causas podem estar na sua origem a saber: cirurgias intra-oculares (vitrectomia, cirurgia de glaucoma, etc), medicamentos (corticosteróides ou mióticos), doenças (diabetes, galactosemia, doenças renais), infeções e inflamações oculares (uveítes), etc.

Tratamento cirúrgico

A cirurgia de catarata é realizada através da emulsificação do cristalino por ultra-sons, isto é, o núcleo é microfragmentado e aspirado por uma ponteira ultrassónica (facoemulsificação). Após retirado o cortex e o núcleo cristaliniano, é implantada uma lente intra-ocular no lugar que anteriormente era ocupado pelo cristalino, mais propriamente dentro do saco capsular.

Tem algum desse sintomas? Agende sua consulta:

Deixe uma resposta